Foram muitas as tentativas de boicote ao intervalo do Super Bowl deste ano. Apesar de não terem rejeitado o convite para aturar na final do jogo, ao contrário de Rihanna e Cardi B, os Maroon 5 subiram ao palco este domingo, dia 3 de fevereiro, sem esquecer Colin Karpernick.

À semelhança do que o atleta fez quando protestou contra a brutalidade policial em 2016, Adam Levine ajoelhou-se durante a atuação de “Sugar” e mais tarde, ao interpretar “Moves Like Jagger”.

Leia também: Saiba porque Rihanna se recusou a assistir ao Super Bowl e ficou irritada com quem o fez.