Otávio Matos nasceu no Porto, a 5 de abril de 1939. Distinguiu-se no teatro de revista, fez cinema, televisão e, em 2007, recebeu a Medalha de Mérito Municipal - grau prata - pela Câmara Municipal de Lisboa. Morreu, hoje, aos 79 anos.

O ator, que também encenou e dirigiu atores e trabalhou em dobagens de filmes animação, estreou-se nos palcos com 17 anos seguindo as pisadas do pai.

Em 1963, fez pela primeira vez cinema no "Parque das Ilusões" e, seis anos depois, entrou em "Cruz de Ferro". Já no ano 2000 participou no filme "Balas e Bolinhos 3". Mas foram os papéis em "Eu Show Nico", "Nico D' Obra" - ambos com Nicolau Breyner - , ou "Nós os Ricos" e "Batanetes" que o aproximaram do grande público.

"Quem é o Jeremias?" foi a comédia que levou Octávio a palco pela última vez, em 2014, ao lado de Álvaro Faria e Paula Marcel.

A notícia foi partilhada pelo ator Ruy de Carvalho que, na sua conta de Facebook, lamentou: "Adeus meu amigo. Até sempre".