Cristiano Ronaldo foi eleito o ‘Melhor Jogador do Ano’ na gala ‘Globe Soccer Awards’, que se realizou no Dubai esta quinta-feira, 3 de janeiro. Competia com os franceses Antoine Griezmann e Kylian Mbappé. Arrecadou ainda o prémio de ‘Melhor Golo do Ano’, atribuído pelos fãs, com uma marcação memorável de quando ainda jogava no Real Madrid. Ironicamente, o golo foi marcado à Juventus, equipa em que joga atualmente.

Subiu ao palco para dizer que “agora é 2019; 2018 é passado, ficou para trás. Começou muito bem com este prémio... Infelizmente foi contra a minha atual equipa, por isso não consigo ficar assim tão feliz. (…) Marquei quase 700 golos na minha carreira e este, para mim, foi o melhor.” O português deixou ainda um agradecimento aos fãs, frisando que são eles que fazem o futebol.

Nas oito vezes em que este prémio de ‘Melhor Jogador do Ano’ foi atribuído, esta foi a quinta vez que o craque português o arrecadou, tendo-o conseguido também em 2011, 2014, 2016 e 2017. Apesar de não ser um troféu reconhecido pela FIFA nem pela UEFA, muitos consideram que tem igual mérito.

No discurso de receção do prémio, disse que “foi um ano difícil. Ganhei muitos troféus este ano e a Liga dos Campeões. Estou orgulhoso por ter recebido mais este troféu. Agora, ambiciono ganhar novos troféus pelo meu novo clube: a Juventus”. Deixou um agradecimento especial à família, à namorada Georgina Rodríguez e ao filho mais velho, Cristiano Júnior, presentes na cerimónia.

O craque português entregou ainda o prémio de ‘Melhor Agente do Ano’ ao seu próprio agente: Jorge Mendes, que venceu o troféu em sete das oito premiações.

O brasileiro Ronaldo "Fenómeno" foi agraciado com o 'Prémio Carreira'.

De recordar que Cristiano Ronaldo está no Dubai desde o final de dezembro, onde celebrou a passagem de ano, na companhia de Georgina Rodríguez, do filho mais velho, Cristiano Júnior, e de alguns amigos.

Veja também: VÍDEO: RONALDO E CRISTIANINHO FAZEM CORRIDA COM AMIGOS NO DESERTO