George Pimentel

Cinco nomeações depois, Leonardo DiCaprio acabou por ganhar um Óscar pelo desempenho no filme ‘The Revenant’ - isso é do conhecimento público. O que não se sonhava é que, antes disso, já o famoso artista de Hollywood tinha uma das estatuetas que distingue os melhores do mundo do cinema, lá por casa.

Pelo que os media internacionais avançam, o referido Óscar tinha sido atribuído a Marlon Brando, em 1954, graças ao filme ‘On the Waterfront’. Acontece que, essa mesma estatueta chegou às mãos de DiCaprio como presente de Jho Low - um empresário da Malásia que a terá adquirido, em leilão, por cerca de 530 mil euros.

Agora, explica o The New York Times, Low atravessa uma acusação de fraude em investimentos de largos milhares de milhões de dólares e, por isso mesmo, DiCaprio viu-se obrigado, por ordem judicial e para efeitos de investigação, a devolver o Óscar, uma pintura de Picasso e todos os outros presentes que recebeu do empresário.

A mesma publicação sublinha, ainda, que se acredita que Jho Low “esteja escondido na China”.