Michael J. Fox

Michael J. Fox

Getty Images

Com apenas 29 anos, Michael J. Fox recebeu uma notícia inesperada que o deixou sem chão: tinha Parkinson, uma perturbação degenerativa crónica do sistema nervoso central, que afeta essencialmente a coordenação motora. Decorria o ano de 1991 e o ator canadiano recorda o momento: "Honestamente, a minha primeira reação foi: 'Há um engano, você não está a ver quem eu sou’. Eu só pensava que era um absurdo aquilo estar a acontecer comigo".

Embora esta doença se manifeste, habitualmente, em pessoas mais velhas, pode surgir em qualquer idade de Fox diz que teve “medo” e achou que “a melhor opção era fugir e não encarar a realidade”. "Refugiei-me no álcool. Bebi para esquecer, para fazer a doença desaparecer. [Isso] Causou tensão no meu casamento, que sempre foi bom e que, nessa altura, se tornou assombroso", confidenciou ainda o ator que é casado com a também atriz Tracy Pollan desde 1988.

Apesar de tudo, Michael J. Fox contou sempre com o apoio da mulher, com quem tem quatro filhos, e reconhece: “Ela é uma pessoa incrível. Admiro-a pela capacidade que tem para lidar com isto e também por me impedir de encarar a doença de forma menos correta”.

A doença não impediu o ator de concretizar o sonho de vingar no mundo da representação e isso deixa-o orgulhoso. “Graças à medicação, aos exercícios que faço diariamente e ao descanso, não vivo a pensar no futuro. É um dia de cada vez. É muito fácil ser otimista. Esta é a minha vida e é boa. Que motivos tenho eu para reclamar?”, questiona.

>> SAIBA MAIS SOBRE A DOENÇA DE PARKINSON