De regresso aos palcos, após seis meses de paragem, Marco Paulo foi o convidado desta sexta-feira, 16 de novembro, do programa Júlia, de Júlia Pinheiro. Numa conversa intimista, o cantor recordou vários momentos da sua carreira, de mais de 50 anos, e esclareceu os fãs quanto ao problema de saúde que o levou a cancelar um espetáculo nos Açores, em junho passado.

Na altura, a imprensa nacional avançou que o artista se encontrava doente e a preocupação entre os fãs cresceu. Agora, Marco Paulo esclarece todas as dúvidas sobre o seu estado de saúde.

"Eu fazia quilómetros e quilómetros de estrada. Chegava aos concertos, tinha que me preparar para subir ao palco e fazer duas horas de concerto. Quando terminava de cantar, eram uma, duas da manhã. Ia para o hotel, na maior parte das vezes chegava e não tinha comida. Se houvesse um ou dois concertos seguidos, eu, praticamente, não comia nada . Pontanto, eu gastava energias, mas não as repunha. Foi esse um dos problemas...Tinha que descansar, alimentar-me com horários.. Praticamente, não bebia água", confidenciou, acrescentando que o cancelamento do concerto, nada teve a ver com os problemas nos rins, que teve no ano passado.

No final da entrevista, Marco Paulo salientou, ainda, que a especulação sobre o seu estado de saúde deixou os seus fãs e familiares em sobressalto. "Para estas pessoas que aqui estão (referindo-se aos fãs), que quando eu choro, choram, que quando que sorrio, sorriem, quando eu estou doente ficam preocupadas, quando eu estou bem-disposto, ficam contentes, ouvirem noticias que não eram totalmente verdadeiras, é uma aflição", rematou.