Michelle Obama

Michelle Obama

Getty Images

Estará Michelle Obama decidida a regressar à vida política? A resposta da antiga primeira-dama norte-americana é perentória: “Não, de todo”.

A possível candidatura à presidência dos Estados Unidos em 2020 foi tema de conversa no programa Good Morning America, da ABC, onde a mulher de Barack Obama esteve para promover o seu recém-lançado livro de memória, Becoming Michelle Obama.

“Nunca quis ser política. Eu quero servir, quero estar cá fora. Há tantas formas de conseguirmos ter impacto. A política não é, de todo, o que me dá prazer. Simplesmente casou com uma pessoa fascinada por essa área”, afirmou, acrescentando que a sua paixão é trabalhar junto dos jovens e sobretudo das raparigas para que acreditem que “podem ser tudo o que quiserem”.

Sobre a nova vida fora da Casa Branca, Michelle Obama garante o que melhor é mesmo sentir-se livre e poder aproveitar todas “as pequenas coisas”. "Abrir a porta, sair de casa, aproveitar o bom tempo e sentar-me no pátio. Coisas simples, mas que não me eram permitidas”, lembra.

No seu livro, a antiga primeira-dama dos Estados Unidos conta ainda a sua luta para ser mãe. Saiba mais aqui.