Camilla Parker Bowles foi a principal causadora da infelicidade conjugal entre Diana de Gales e Príncipe Carlos. O casamento conturbado, marcado pela traição, terminou precocemente em 1996 mas chegaram, agora, a público as palavras exatas do confronto entre Diana e a amante do filho da rainha Isabel II.

- A gravação -
Cansada de viver um casamento a três: «Não me tratem como uma idiota»

Em 1989, Diana resolveu exorcizar o fantasma da traição e confrontar a amante do marido. Tudo aconteceu durante a festa de aniversário da irmã da duquesa da Cornualha, quando a "princesa do povo" apareceu sem ser convidada e confessou saber de tudo, desde sempre.

Camilla começou por negar mas, desprevenida, acabaria por admitir o romance com Carlos de Inglaterra, e Diana contou: «Ela disse-me: ‘Tens tudo o que sempre quiseste. Todos os homens do mundo se apaixonam por ti. Tens dois filhos lindos. O que mais podes querer?’»

A resposta de Lady Di foi incisiva: «Quero o meu marido!» e, em menos de um minuto, a conversa terminou e fê-la chorar «como nunca tinha chorado».

Diana terá confessado ainda, entre amigos, que nunca acreditou que o amor, vindo dos anos 70, entre Camilla e o filho de Isabel II tivesse terminado. Ainda assim, preferiu iludir-se: «Na minha imaturidade, que era enorme, achava que ele estava apaixonado por mim», disse.

Em 1994, príncipe Carlos acabaria por admitir o adultério. Em 1996 o casal divorciou-se. Em 1997 a "princesa do povo" morreu num acidente misterioso. Em 2005, Carlos e Camilla casaram-se.

Recorde, ainda, as imagens dos casamentos mais marcantes da família real britânica.