Georgina Rodríguez, Dolores Aveiro, Cristiano Ronaldo e Cristianinho

Georgina Rodríguez, Dolores Aveiro, Cristiano Ronaldo e Cristianinho

Instagram, DR

Esta semana, Dolores Aveiro e as suas ações nas redes sociais têm estado no centro de todas as atenções. A matriarca do clã Aveiro começou por colocar ‘gosto’ em publicações de Irina Shayk, ex-namorada de Cristiano Ronaldo, o que foi visto como uma afronta a Georgina Rodríguez, especialmente pelos fãs desta.

Georgina Rodríguez responde à polémica com Dolores Aveiro

Mais tarde, a polémica ganhou novas proporções, quando Dolores voltou a classificar positivamente um comentário em que internauta ofendia Gio na sua própria página de Instagram. “Dona Dolores volte para ao pé do Cristiano, não deixe que a vaca da espanhola tome conta do império do seu filho”, lê-se na mensagem.

CR7 e Gio vão às compras e causam histerismo nas ruas

A mãe de CR7 foi fortemente criticada por “não respeitar” a atual companheira do futebolista. Os seus seguidores não perdoaram e mostraram o seu descontentamento, lembrando Dolores que o craque e Georgina têm uma filha em comum, Alana Martina, de nove meses, e que, só por isso, a jovem aspirante a modelo merece mais consideração.

Vídeo: Cristianinho ensina a avó a nadar

Mas afinal há uma explicação para todo este mal-entendido, garante Ludgero Sousa, agente de Dolores Aveiro, à revista VIP. “A D. Dolores colocou like sem ler os comentários, foi uma infelicidade”, começa por explicar, adiantando que “as notícias de uma zanga entre as duas são completamente infundadas”. “A família Aveiro dá-se toda bem. A D. Dolores dá-se bem com a Georgina. Falam várias vezes ao dia. Dão-se muito bem. A família Aveiro continua unida (…) Realmente, a D. Dolores colocou like nos comentários, mas ela colocou like em tudo sem ler. Foi uma infelicidade. Naturalmente, nem todos os comentários que recebe são positivos. Há pessoas que estão sempre à procura de problema. Ela [Dolores Aveiro] até ri e brinca com a situação, porque as notícias são um disparate”, concluiu o representante.