Eram um dos casais mais icónicos de Hollywood e o divórcio em setembro de 2016 chocou a imprensa. Angelina Jolie e Brad Pitt têm sido manchete nos jornais pela separação que não é de todo amigável.

Depois de afirmar que Brad Pitt não pagava uma quantia "significante" de subsídio para os filhos, o advogado do ator defendeu em tribunal que as afirmações de Angelina Jolie era uma forma de "manipular os meios de comunicação".

Agora, em declarações à People, a advogada de Jolie responde à letra. "Um empréstimo não é, contudo, a pensão de alimentos e representá-lo como tal é enganador e errado", revelou Laura Wasser.

Brad Pitt revelou ter transferido 1,3 milhões para a atriz e os seis filhos, bem como um empréstimo de oito milhões para comprar a atual casa de Jolie. A advogada da atriz diz que Angelina irá obviamente "honrar o empréstimo", mas que isso não oculta a falta de participação do ator no subsídio para as crianças.

Angelina e Brad conheceram-se em 2013, casaram em 2014 e têm seis filhos: Maddox, 16, Pax, 14, Zahara, 13, Shiloh, 12, e os gémeos de 10 anos, Knox e Vivienne.