A atriz Laura Soveral morreu aos 85 anos, noticiou a Academia Portuguesa de Cinema, esta quinta-feira, 12 de julho, na sua página de Facebook.

Nascida em Benguela, Angola, em 1933, a atriz veio para Lisboa para tentar uma carreira no mundo da representação. A frequentar Filologia Germânica, na Faculdade de Letras, iniciou-se em 1964, no Grupo Fernando Pessoa, dirigido por João d'Ávila. Entretanto, inscrevia-se na Escola de Teatro do Conservatório Nacional.

Fez vários trabalhos em cinema, teatro e televisão com destaque para Uma Abelha na Chuva, de Fernando Lopes e, mais recentemente, em Tabu, de Miguel Gomes.

Em 1986, Laura Soveral foi distinguida com o Prémio Bordalo Pinheiro e em 2014 recebeu o Prémio Sophia de Carreira.

Afasta da televisão desde 2014, a novela Belmonte foi o seu último projeto no pequeno ecrã. Integrou também o elenco de Morangos com Açúcar, Chiquititas, Liberdade 21 e Tempo de Viver.