Instagram

Três canadianos youtubers morreram esta terça-feira numa cascata do Canadá. Os jovens criaram o canal 'High on Life" que cativou as redes sociais pelas suas imagens ao volta do mundo, as imagens paradisíacas, o luxo e o risco.

Megan Scraper, de 29 anos, caminhava perto de uma piscina natural das Shannon Falls até que escorregou e caiu. Alexey Lyah, o namorado, e Ryker Gamble, ambos de 30 anos, mergulharam em seu socorro, mas a força das águas conduziu-os à boca da cascata, caindo a cerca de 30 metros de altura.

O grupo que tinham no youtube e no instagram mostrava imagens captadas por drones, com paisagens de sonho e dos quatro cantos de mundo, mas também com algum risco associado: mergulhos, manobras e caminhadas em localizações extremas.

Meghan começou a viajar há seis anos, inicialmente com estadias em hostels e refeições baratas, até ganhar inúmeros seguidores e ficar hospedada nos alojamentos mais exclusivos e caros do mundo.

Segundo a imprensa norte-americana, Alexey e Rykar chegaram a ser detidos no passado por entrarem ilegalmente no parque de Yellowstone, nos Estados Unidos. Os corpos dos três "travel influencers" foram encontrados esta quinta-feira.

Esta semana, membros do canal do youtube prestaram homenagem emocionante aos amigos que perderam a vida e iniciaram uma campanha de angariação de fundos para apoiar familiares das vítimas.

Não se sabe se os jovens estariam a gravar imagens momentos antes da queda. As autoridades canadianas continuam a investigar o caso.