1 / 11

NICHOLAS KAMM

2 / 11

NICHOLAS KAMM

3 / 11

NICHOLAS KAMM

4 / 11

NICHOLAS KAMM

5 / 11

NICHOLAS KAMM

6 / 11

NICHOLAS KAMM

7 / 11

The Washington Post

8 / 11

NICHOLAS KAMM

9 / 11

Pool

10 / 11

NICHOLAS KAMM

11 / 11

NICHOLAS KAMM

Cristiano Ronaldo Presidente da República Portuguesa? Quem o sugeriu foi Donald Trump durante o encontro com Marcelo Rebelo de Sousa, na famosa Sala Oval da Casa Branca, em Washington. Mas o chefe de Estado português não se deixou intimidar pelas provocações do seu homólogo norte-americano e explicou-lhe que “é um pouco diferente” e que “Portugal não é os Estados Unidos”, ou seja, que não basta ser uma celebridade para chegar a um cargo tão importante.

Ainda a propósito de futebol, os dois trocaram algumas palavras sobre o Campeonato do Mundo, a decorrer na Rússia, e o futuro encontro de Donald Trump com o presidente russo, Vladimir Putin. “Vai encontrar-se com o senhor Putin, bem, eu estive com ele na semana passada e ele pediu-me que lhe enviasse cumprimentos”, adiantou o líder português. "Não se esqueça que Portugal tem o melhor jogador do mundo, que se chama Cristiano Ronaldo. Estou certo de que o seu filho sabe (…) Por isso, se for à Rússia durante o campeonato, não se esqueça de que Portugal ainda lá está e quer ganhar”, concluiu Marcelo.

Mas antes já tinha havido espaço para uma pequena ‘aula de história’. “Gostaria de lhe dizer que temos uma amizade e parceria duradouras, que começou no momento em que vos reconhecemos. Fomos o primeiro país neutro a reconhecer a independência dos Estados Unidos. Apesar de termos como nosso aliado mais antigo Inglaterra, por isso foi corajoso na altura. E não sei se sabe, mas os vossos fundadores celebraram a independência com o nosso vinho, com vinho da Madeira. Fizeram um brinde”, explicou o chefe de Estado português, perante um Donald Trump um pouco alheado da conversa e mais interessado em posar para os fotógrafos. “Tiveram bom gosto”, retorquiu apenas. E o professor concluiu: “É uma longa história a da nossa amizade e parceria”.

De referir ainda o facto de Marcelo Rebelo de Sousa ter surpreendido Donald Trump logo à chegada à Casa Branca. O presidente dos Estados Unidos é conhecido pelo seu forte aperto de mão, que termina com uma pequena ‘sacudidela’, apanhando os convidados desprevenidos. Mas o Presidente português estava preparado e desta vez foi ele quem surpreendeu o norte-americano. Veja o vídeo: