A poucos dias do casamento real, entre Meghan Markle e Harry, já no próximo dia 19 de maio, é sempre bom relembrar algumas regras - no mínimo bizarras - que a família real deve seguir.

- Quando a rainha se levanta... toda a gente se levanta. Esta é uma das 'regras' básicas que já todos conhecemos, nem que seja dos filmes. Quando Isabel II entra ou sai de uma divisão, o procedimento é o mesmo.

- Quando cumprimentam a rainha os homens têm que baixar baixar a cabeça. Já as mulheres cruzam uma perna atrás da outra e, subtilmente, fazem uma vénia, sem grandes exageros.

- A carteira da rainha não é apenas um acessório. A rainha não é uma mulher rude portanto esteja atento aos sinais subtis que a monarca pode fazer com a sua bolsa. Se Isabel II colocar a carteira em cima da mesa isso significa que é hora de terminar a refeição e se durante uma conversa a rainha trocar a bolsa da mão esquerda para a direita, significa que gostaria de terminar a conversa.

- Os bouquets das noivas devem incluir a flor murta. As noivas devem geralmente levar no ramo uma flor desta espécie que simboliza a esperança e o amor.

- Os vestidos de noiva têm que ser aprovados pela rainha. Apesar das noivas terem alguma flexibilidade no que toca à escolha do design e silhueta do vestido, segundo a Harper's Bazaar a rainha Isabel II tem a última palavra a dizer.

- O príncipe George só usa calções. Não é coincidência que o pequeno George só seja fotografado em calções. Na verdade, o seu irmão Louis fará o mesmo já que, tradicionalmente, as calças estão 'reservadas' apenas para os jovens e adultos e o os calções são exclusivos das crianças até aos oito anos.

- A dieta real. De acordo com a Harper's Bazaar, os membros da família real não comem marisco, de maneira a que não tenham uma intoxicação alimentar tão facilmente. A rainha Isabel II também não é fã de alho e por isso, este alimento não está incluído nas refeições em que a monarca está presente.

- De maneira a mostrar respeito pela rainha Isabel ll, o seu marido, o príncipe Filipe, anda dois passos atrás da monarca.

- As mulheres da família real devem ter sempre o queixo paralelo ao chão quando estão de pé ou mesmo a descer as escadas. Quando descem as escadas devem também manter as mãos ao lado do corpo.

- O aperto de mão real: Não deve ser demasiado longo - dois 'balanços' no máximo e deve manter-se o contacto visual durante todo o cumprimento.

- A rainha pode conduzir sem carta. Isabel II é o único membro da família real que pode conduzir sem carta de condução e sem matrícula no carro.

- Os bebés não devem conhecer líderes mundiais. Em 2016, foi dada permissão ao pequeno George, pelos pais, para que este ficasse acordado até mais tarde para conhecer o, na altura presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

- Segundo a Vanity Fair, a rainha Isabel II detesta saltos de cunha e por isso as mulheres da família real não os usam na presença da matriarca. Apesar disso, Kate Middleton já foi fotografada várias vezes com estes saltos altos mas sempre sem a rainha estar presente.

- Esqueçam os afetos em público. Exibições públicas de afeto é algo muito pouco visto entre os membros da família real, principalmente se estes estiverem em países mais conservadores.

- Os herdeiros aos trono não viajam juntos. Para preservar a linha de sucessão ao trono, dois herdeiros não podem viajar juntos. William e Kate já quebraram este protocolo mas depois do 12.º aniversário de George, este e Harry serão obrigados a voar separadamente.