Horacio Villalobos - Corbis

Com a final do Festival da Eurovisão à porta, Salvador Sobral, vencedor da edição do ano passado em Kiev, Ucrânia, criticou fortemente o tema Israel, Toy, interpretado por Netta Barzilai.

Apenas conheço a canção portuguesa e a de Israel, porque o YouTube me obrigou a vê-la. Coisas da tecnologia. De repente, o YouTube achou que eu iria gostar da canção de Israel, e então abri aquilo e saiu-me de lá uma música horrível. Eu pensei: YouTube, muito obrigado, mas não é por aqui”, contou em entrevista ao jornal Público.

Salvador Sobral, referiu ainda que não tem interesse em conhecer as restantes canções a concurso, acrescentando que não acredita que a sua vitória tenha mudado o estilo musical da Eurovisão. “Felizmente, este ano, não tenho de ouvir nada. Não creio que tenha mudado alguma coisa. No ano passado, as pessoas diziam: ‘Agora que ganhaste, isto vai mudar!’ Não creio. Talvez no futuro.”

Entretanto, Netta Barzilai, representante de Israel, já reagiu no Twitter, mostrando respeitar a opinião do músico português “Enviando amor para o Salvador e para todos os artistas de todos os géneros”, escreveu na legenda da legenda da publicação.

De recordar, que o tema israelita liderou durante várias semanas a classificação nas casas de apostas, tendo perdido o primeiro lugar na