Bill Cosby

Bill Cosby

Getty Images

Bill Cosby, de 80 anos, foi esta quinta-feira, 26 de abril, condenado por três crimes de abuso sexual agravado cometidos há 14 anos contra Andrea Constand, na altura com 31 e treinadora da equipa de basquetebol na Temple University. O júri do tribunal de Montgomery County, na Pensilvânia, condenou o ator por “sexo sem consentimento, penetração de uma pessoa inconsciente e penetração após administração de drogas à vítima”. Cada um destes crimes tem associada uma pena máxima de dez anos de prisão e Bill Cosby poderá ter de cumpri-las todas em simultâneo.

De acordo com a imprensa norte-americana, o depoimento de Andrea Constand foi “bastante duro”, por relatar pormenorizadamente o momento em que acordou e percebeu que estava a ser violada pelo ator e não tinha como defender-se por causa das drogas que este diz ter-lhe oferecido por ela “parecer muito nervosa”. Tudo terá acontecido em casa da então estrela da televisão, onde Constand foi para pedir conselhos por este fazer parte do conselho de administração da Temple University.

A primeira tentativa da antiga treinadora de basquetebol de levar o ator a tribunal remonta a 2006. Os procuradores consideraram que não havia matéria para condenação e o caso terá ficado em suspenso com um acordo de confidencialidade selado com uma indemnização a rondar os 2,8 milhões de euros. Ainda assim, e apesar da relutância dos tribunais, Andrea Constand acabou por conseguir provar que Cosby era culpado.

No total, 57 mulheres acusaram o comediante de assédio, abuso e violação, mas esta foi a única a conseguir que fosse condenado.

Os crimes remontarão aos anos 80 e 90, os anos de glória do ator e apresentador com o seu programa The Cosby Show. As acusações chocaram os norte-americanos porque Bill Cosby era tido uma instituição conservadora, um pai de família típico.

O ator poderá ficar em liberdade mediante pagamento de uma fiança de um milhão de dólares (cerca de 823 mil euros), mas terá de entregar o seu passaporte e está impedido de sair dos Estados Unidos.