Rich Polk

Usher deparou-se com um prejuízo de mais de 660 mil euros em dinheiro e joias depois de um roubo à sua casa em Los Angeles. As gravações das câmaras de videovigilância não vão ser úteis a apanhar os ladrões, uma vez que também elas foram roubadas.

Segundo o site 'The Blast', a queixa foi apresentada no dia 29 de março, mas só agora chegou à impresa. Grace Miguel, de quem Usher está a separar-se, foi quem fez a denúncia, e diz ter sido alertada para o assalto pela empregada da mansão.
No relatório, Grace diz acreditar que os ladrões deixaram uma janela destrancada durante uma visita aberta à casa que teria acontecido recentemente, uma vez que esta se encontra para venda. A ex-mulher de Usher acrescenta ainda que acredita que os ladrões roubaram primeiro o dinheiro e as jóias e que só mais tarde regressaram para levar as imagens de segurança. Isto porque a empregada notou gradualmente que algumas joias estavam em falta, mas assumiu sempre que Usher as teria consigo, até ao dia em que encontrou uma janela aberta e o sistema de segurança vandalizado.

Contas feitas, foram roubados mais de 16 mil euros em dinheiro e joalharia variada, incluíndo seis relógios, o mais caro dos quais custava quase 180 mil euros e um colar rosa-dourado, com a imagem de Jesus, avaliado em maisl de 160 mil euros.

O crime está sob investigação e a lista de pessoas que visitaram a casa no "dia aberto" está a ser analisada.