Bettmann

A viúva de Elvis Presley, Priscilla Presley, acredita que o "Rei do Rock" se suicidou. No novo documentário sobre o artista¸ The Searche, a primeira mulher do cantor afirma que a morte Elvis não foi um acidente, mas sim um ato premeditado, acrescentado que o artista lutava contra uma depressão e a dependência de álcool e drogas.

Ele sabia o que estava a fazer e as pessoas perguntam-me o motivo de eu não ter feito nada. Isso é mentira, as pessoas próximas dele falavam, mas ninguém conseguia mandar o Elvis fazer nada. Todos tentaram mas não tinham nenhuma hipótese com ele”, sublinhou.

Quem também acredita que Elvis possa ter tirado a própria vida, é o meio-irmão do músico, Rick Stanley. “É um indício claro que o suicídio estava a passar pela cabeça dele", afirmou, em entrevista, ao jornal The Sun.

Assim sendo as declarações de Priscilla e Rick Stanley vão de encontro às confissões feitas pelo próprio músico em cartas enviadas ao seu amigo pessoal e empresário, Joe Esposito, as quais foram divulgadas há alguns meses. Nos textos, a estrela afirmava: “Eu estou doente e cansado da minha vida, preciso de descansar”.

Elvis Presley, considerado um dos artistas mais bem-sucedidos de todos os tempos, morreu a 16 de agosto de 1977, aos 42 anos. Deixou uma filha, Lisa Marie Presley, fruto do seu casamento com Priscilla.