Timothy Affleck, pai de Ben Affleck, de 45 anos, e Casey Affleck, de 42, deu uma entrevista polémica à revista Grazia onde culpa Hollywood pelo alcoolismo do filho mais velho.

O pai dos dois atores, afirma que ambos os filhos sofreram as consequências da fama. Durante a entrevista o patriarca da família faz também referência ao fim do casamento de Ben Affleck com Jennifer Garner, em 2015.

"Hollywood é um local nojento. Acho que foi um dos maiores fatores que levou à dependência do álcool do Ben. As pessoas são quase forçadas a desenvolver uma persona da qual não nos conseguimos descolar. Afecta toda a tua vida.", explica Timothy.

Sobre o divórcio do filho com a atriz Jennifer Garner, o pai do realizador de Argo avançou não ser fácil balançar a dinâmica familiar no meio de uma fama à escala mundial.

"É uma vida penosa e taxativa. E no mundo exterior ao do entretenimento os casamentos acabam a toda hora", avisando que aconselhou a Ben a não se torturar com a separação.

Enquanto Ben Affleck ainda continua na reabilitação do álcool, Timothy Affleck relembra que foi um "alcóolico severo e crónico, por muitos anos", até atingir finalmente a recuperação.

Recorde-se no passado, Jennifer Lopez também atribuiu a pressão megalómana da imprensa no fim da relação com Ben Affleck.