É o maior e mais prestigiado evento que distingue o melhor do teatro nos Estados Unidos. Mas este domingo, no Radio City Music Hall, Robert De Niro teceu duras críticas aquele que tem tido o pior papel principal: Donald Trump.

Quando foi introduzido para apresentar a atuação de Bruce Springsteen foi direto ao assunto. "Que se f**** Trump", disse o famoso ator norte-americano. De imediato, surgiram gritos na audiência que se manifestou em alvoroço e que, gradualmente, se foi levantando dando uma ovação a De Niro.

"Já não se trata de dizer abaixo Trump, mas que se f**** Trump", disse o ator de Taxi Driver erguendo os braços no ar. O presidente dos Estados Unidos tem sido criticado pelo seu comportamento no cimeira do G7 no Quebeque e pelas suas afirmações contra o primeiro-ministro do Canadá.

Veja o vídeo de Robert De Niro nos Tony acima!