Editou o livro 'Mãe Coragem' em 2015, mas só agora o livro foi editado em França e no Brasil. Dolores Aveiro, mãe de Cristiano Ronaldo, tem-se desdobrado em várias entrevistas onde recordou sofrimentos do passado, do neto Cristiano Júnior e até falou sobre os jogadores Messi e Neymar.

"Já tinha três filhos, tentei abortar e não consegui. Ainda bem, porque Cristiano foi a estrela que iluminou a minha vida. Quero transmitir às mulheres que não façam isso [aborto]. Que pensem e que lutem!" disse Dolores Aveiro no lançamento do livro, em São Paulo, esta terça-feira.

O livro que, segundo a mãe de Cristiano Ronaldo, segue como um "exemplo para as mães brasileiras - quem tem coração sente", foi o mote para outras declarações de Dolores. A matriarca da família adiantou que o neto Cristiano Júnior tem mais aptidão para a bola do que o jogador do Real Madrid, quando tinha a idade dele.

"Quando ele chegou, foi como um presente. Não é por ser o melhor do mundo ou um jogador famoso", disse Katia Aveiro que também esteve presente na conferência de imprensa.

Dolores Aveiro adiantou voltou a tecer elogios a Messi, afirmando que lhe pareceu uma "pessoa humilde e calma" e que Neymar é "um pouco mais extravagante".