Luciana Abreu volta ao ‘Alta Definição’, nove anos após a primeira entrevista. No programa que vai para o ar este sábado às 14h, Luciana fala pela primeira vez em detalhe sobre o nascimento das gémeas e sobre o drama e o sofrimento vivido pela família nos últimos meses. A artista faz um relato emocionalmente demolidor sobre o nascimento das gémeas prematuras, que estiveram em risco de vida”, descreve Daniel Oliveira sobre um ‘Alta Definição’ que promete ser “poderoso”.

“A dada altura podíamos morrer as três. Foi um momento muito dramático e muito violento para toda a família. O Daniel ia completamente desnorteado, sem saber o que fazer, atrás da ambulância”, conta Luciana sobre o dia do parto das gémeas Amoor e Valentine. Já na sala de partos, em sofrimento e a lutar pela sobrevivência das filhas e pela sua própria, a artista dia que só pensava: “Estas meninas escolheram-me para ser mãe delas, eu tenho que aguentar… nem que para isso eu tenha que fazer outra caminhada, mas essa era a minha missão naquela sala”. Luciana revela ainda que não queriam que ela visse as filhas logo após o parto: “Não queriam permitir isso porque havia muito pouco tempo. Os segundos podiam fazer toda a diferença para elas”, mas ainda assim, o coração de mãe falou mais alto: “Eu pedi por tudo para as ver”, diz Luciana, que conseguiu ter, por instantes, as filhas nos braços. “Eu tenho-as e não posso pegar nelas. Eu tenho-as e não posso tocar nelas. Foi a minha maior dor”, conta Luciana, muito emocionada, durante a entrevista.

Luciana Abreu e Daniel Souza foram pais das gémeas Amoor e Valentine no dia 23 de dezembro. As meninas nasceram prematuras, com apenas sete meses de gestação, e travaram uma dura batalha para sobreviver. Dois meses após o nascimento, as gémeas foram finalmente para casa, dando um final feliz ao drama vivido pela família.

Veja aqui a entrevista completa no "Alta Definição"!

Instagram