Paul Marciano abandonou as suas funções enquanto diretor criativo da Guess. A saída surge depois das acusações de assédio sexual da modelo Kate Upton que, no início deste mês, recorreu ao Twitter para denunciar o abuso de poder de Paul Marciano.

Depois de assegurar que "leva muito a sério quaisquer alegações de assédio sexual", a marca Guess emitiiu um comunicado esta terça-feira anunciando o afastamento de Marciano, enquanto decorrem as investigações.

Em fevereiro, Kate Upton detalhou à TIME o assédio sexual que sofreu quando o diretor criativo da marca "agarrou forçosamente" os seus seios e a terá intimidado com mensagens e convites para jantar. Os episódios terão sido testemunhados por alguns membros da indústria.

Ao TMZ, classificou as acusações de "absurdas" e reforçou esta semana a sua total cooperação com a empresa.