1 / 34

Tiago Caramujo

Nuno Azinheira
2 / 34

Nuno Azinheira

Tiago Caramujo

Joana Latino
3 / 34

Joana Latino

Tiago Caramujo

Liliana Campos
4 / 34

Liliana Campos

Tiago Caramujo

Luísa Castel-Branco
5 / 34

Luísa Castel-Branco

Tiago Caramujo

Cláudio Ramos
6 / 34

Cláudio Ramos

Tiago Caramujo

Carolina Patrocínio
7 / 34

Carolina Patrocínio

Tiago Caramujo

Diana Chaves
8 / 34

Diana Chaves

Tiago Caramujo

9 / 34

Tiago Caramujo

10 / 34

Tiago Caramujo

11 / 34

Tiago Caramujo

12 / 34

Tiago Caramujo

13 / 34

Tiago Caramujo

14 / 34

Tiago Caramujo

15 / 34

Tiago Caramujo

16 / 34

Tiago Caramujo

17 / 34

Tiago Caramujo

18 / 34

Tiago Caramujo

19 / 34

Tiago Caramujo

20 / 34

Tiago Caramujo

21 / 34

Tiago Caramujo

22 / 34

Tiago Caramujo

23 / 34

Tiago Caramujo

24 / 34

Tiago Caramujo

25 / 34

Tiago Caramujo

26 / 34

Tiago Caramujo

27 / 34

Tiago Caramujo

28 / 34

Tiago Caramujo

29 / 34

Tiago Caramujo

30 / 34

Tiago Caramujo

31 / 34

Tiago Caramujo

32 / 34

Tiago Caramujo

33 / 34

Tiago Caramujo

34 / 34

Tiago Caramujo

Esta quinta-feira, 1 de fevereiro, é um dia especial para o Passadeira Vermelha. O programa da SIC Caras, apresentado por Liliana Campos, celebra 1000 emissões. Uma data que o canal assinalou com uma emissão especial e que contou com a presença de Diana Chaves e Carolina Patrocínio. Mas as surpresas não se ficaram por aqui. O Passadeira Vermelha tem um novo comentador: Nuno Azinheira.

Aos 44 anos, o jornalista, diretor do site N-TV e um dos impulsionadores do curso de jornalismo 'Palavras Ditas' aceitou o convite do diretor do canal, Daniel Oliveira, juntando-se assim a Cláudio Ramos, Ana Marques, Joana Latino, Luísa Castel-Branco e Maria Botelho Moniz num projeto que diz ser desafiante. “Eu acho que é um grande desafio integrar-me bem no espírito do 'Passadeira', sem deixar de ser eu próprio…O maior desafio e o mais importante é divertirmo-nos, divertirmos o público e eu rapidamente entrar na mecânica e cumplicidade forte que existe entre os outros comentadores…Sou amigo da maior parte deles há muitos anos, portanto vai ser tranquilo.”, confidenciou.

Num grupo de comentadores, onde as mulheres dominam, Nuno Azinheira reforça assim o painel masculino, que até agora contava só com Cláudio Ramos. “O Cláudio chega para elas. Não precisa de nenhum reforço… Eu posso aqui trazer um olhar um mais distendido. Várias vezes vou estar em acordo com o Cláudio, várias vezes vou estar em desacordo com o Cláudio, com a Joana, com a Luísa, de quem sou amigo há mais de 20 anos, com a Ana Marques ou a Maria Botelho Moniz. Mas é também desse “conflito” que advém o sucesso do programa”, afirmou.

Recorde-se que o Passadeira Vermelha estreou na SIC Caras a 6 de dezembro, de 2013, dois meses após do nascimento do canal. Inicialmente, o formato era apresentado alternadamente por Liliana Campos, Vanessa Oliveira, Sofia Cerveira e Andreia Rodrigues, com um painel de comentadores convidados. Porém, em 2015 o programa sofreu alterações e Liliana Campos tornou-se a única apresentadora do talk-show que é exibido de segunda a quinta-feira no canal por cabo.